Uiigo

CONTA POOL OU VINCULADA. QUAL A MELHOR OPÇÃO PARA O SEU CONDOMÍNIO?

Conta pool ou vinculada. Qual a melhor opção para o seu condomínio?

Muitos síndicos possuem dúvidas quando o assunto é a administração do dinheiro do Condomínio.

Comumente, os gestores condominiais se deparam com empresas prestadoras de serviços que oferecem a conta bancária pool ao invés da conta bancária própria ou vinculada, ou seja, de titularidade do Condomínio.

Mas afinal o que é conta pool?

Mas você sabe o que é uma conta pool e, principalmente, conhece as vantagens e desvantagens?

Inicialmente, é preciso esclarecer que uma conta pool nada mais é do que uma conta bancária coletiva, de titularidade da empresa que presta serviço de administração condominial e através da qual opera o dinheiro do seu condomínio e de vários outros.

Vantagens e desvantagens da conta pool

A grande vantagem da conta pool é a comodidade conferida ao síndico na gestão das receitas e despesas condominiais, pois toda essa função é confiada exclusivamente à empresa administradora titular da conta bancária.

Mas o principal ponto que deve ser destacado nesta modalidade de gestão financeira é o fato de que, na conta “pool” o titular da conta bancária é a empresa prestadora de serviços de administração condominial e não o seu condomínio.

É neste ponto, quando se compara a conta bancária pool e a conta bancária vinculada  é que se identifica o conflito entre “comodidade x segurança”.

A primeira desvantagem que deve ser apontada na conta pool é o fato de que todo o recurso financeiro do condomínio fica sob a integral responsabilidade da detentora da conta bancária e, caso esta venha a sofrer bloqueios judiciais, falência ou dificuldades financeiras, o seu condomínio poderá ficar com seus recursos financeiros indisponíveis, provisória ou definitivamente, a depender do caso.

Outra desvantagem da conta “pool” é que o síndico não consegue controlar a movimentação financeira na conta do condomínio através de extratos bancários. Só é possível realizar a conferência a partir de relatórios disponibilizados pela própria administradora. Esse contexto facilita o cometimento de fraudes, já que o síndico e os condôminos não têm acesso aos extratos bancários como referência para auditar os demonstrativos financeiros gerados pela empresa administradora.

CONTA BANCARIA POOL

Diante de uma necessidade de realização de auditoria nas contas do síndico, os profissionais técnicos envolvidos enfrentarão sérias dificuldades para conciliar as informações financeiras, pois terão acesso tão somente aos relatórios emitidos pela empresa titular da conta bancária.

A utilização de conta bancária pool demanda cuidados redobrados, tanto na escolha da empresa prestadora de serviços, como na atividade normalmente desenvolvida pelo síndico sobre a atividade financeira desenvolvida pela administradora. Soma-se ainda o fato de que o síndico não terá acesso aos extratos bancários para acompanhar o relatório financeiro criado pela empresa prestadora.

Diante dessa realidade, a pergunta que fica é a seguinte: será a comodidade oferecida pela conta pool somente aparente, na medida em que conhecemos seus pontos desfavoráveis?

Exija sempre a clareza na prestação de contas do seu condomínio. 

Para afastar todo e qualquer risco, o recomendado é que os síndicos mantenham total controle sobre suas operações financeiras, através da abertura de contas bancárias próprias, mantendo-se o controle direto da gestão condominial quando feita por terceiros.

Além disso, a prestação de contas, seja ao conselho fiscal ou à assembleia geral, será pautada em elementos e informações contidas nos extratos bancários e demonstrativos financeiros. Esses documentos demonstram a clareza e a transparência na qual uma prestação de contas de débitos e créditos deve se pautar.

Lembre-se, uma boa gestão financeira deve ser sempre transparente. E para isso os seguintes elementos de contabilidade devem estar presentes:

  • Conta bancária própria e extratos acessíveis
  • Relatórios financeiros periódicos
  • Comprovantes de pagamentos (taxas, tributos, contas mensais, serviços, mão-de-obra, materiais de consumo etc.), contratos de compra e venda ou de prestação de serviços

Independente do modelo escolhido paute a gestão financeira do seu condomínio naquele que oferecer maior transparência, segurança e eficiência, já que estamos falando da administração de receitas de uma coletividade, cuja prestação de contas é uma obrigação legal. Quer saber como a Uiigo Condomínios Inteligentes pode ajudar administrar o seu condomínio? Clique aqui e saiba mais

Entre em contato AGORA com a Uiigo para otimizar a gestão do seu condomínio.

Bruna Terra Aquino Gonçalves

Gestora Condominial com formação pelo UNISECOVI

Advogada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *